Mioterapia

Mioterapia ou terapia muscular é uma técnica de liberação miofascial.

A fáscia é um tecido que envolve e divide o corpo em tecidos, órgãos, células etc. Tem papel fundamental na união e separação de todas as partes do nosso corpo, pois é ela que envolve cada músculo a fim de proteger, evitar atrito e auxiliar o deslizamento entre si. Dessa forma, possibilita a ligação dos movimentos entre os segmentos corporais.

Disfunções provocadas por postura inadequada, movimentação, traumatismos e tensões podem sobrecarregar a camada miofascial, que se torna mais espessa, rígida e aderida aos músculos em algumas áreas do corpo.
Isso atrapalha a movimentação, provoca dor e leva à falta de força muscular.

A mioterapia visa corrigir e tratar as alterações miofasciais. Seu objetivo é alterar e alongar a fáscia, devolver a elasticidade e flexibilidade perdidas, tratar os chamados “pontos gatilho”: pontos dolorosos nos músculos que podem gerar dor em mais de uma região.

A técnica consiste em manobras lentas e contínuas que aplicam pressão nos músculos, com o objetivo de diminuir a tensão na fáscia e manobras de deslizamentos profundos, que melhoram a flexibilidade, a mobilidade articular e a circulação sanguínea.

Indicada para: para o alívio de dores crônicas ou agudas, tratamento de lesões musculares, melhora da mobilidade articular e da flexibilidade, assim como da consciência corporal e desempenho muscular para praticantes de atividades físicas ou atletas. Auxilia o tratamento para fascite plantar, fibromialgia, lombalgias, cervicalgias e cefaléia tensional.

Contraindicada para: Casos de febre, infecções, fraturas, hipersensibilidade ao toque, varizes, tromboses, câncer ainda sem tratamento e também para gestantes.